Facebook Twitter Google Plus
Resultado de Busca Google
Os cookies e os anúncios segmentados do Google
Publicado em: 7 de maio de 2015
Por: Publi®

Os cookies e os anúncios segmentados do Google

 

Um dos elementos mais poderosos e valiosos do Google é a capacidade de capturar e entender o seu comportamento na Internet. Imagine este cenário multiplicado por bilhões de usuários.
 

A grande estrela do processo é o cookie. Um simples código instalado no seu computador durante a navegação que torna possível a captura do seu comportamento e busca na Internet. Com estas informações em mãos, a venda de anúncios segmentados se torna uma rica fonte de recursos para qualquer buscador.
 

Na própria Política de Privacidade, o Google informa que coleta informações para descobrir desde coisas básicas, como o idioma, até coisas mais complexas, como anúncios, relacionamento com outras pessoas e vídeos ou outros serviços utilizados do próprio Google.
 

Exemplo prático dos Cookies
 

Quando você está pensando em comprar algo, a primeira coisa que você faz é abrir o computador e buscar no Google. Se neste momento o Google está rastreando sua navegação, ele certamente irá identificar a sua necessidade/comportamento. Automaticamente o Google selecionará em seu portfólio de anunciantes, os que se encaixam com a sua necessidade.
 

Continuando o exemplo, esta é a sua pesquisa inicial, não quer dizer que irá comprar naquele momento. Alguns dias ou semanas depois, você decide comprar e busca por “comprar produto”.
 

Novamente o Google selecionará os anunciantes e exibirá os anúncios que você estará mais propenso a clicar. Estes anúncios tendem a obter mais retorno do que outros formatos de publicidade, levando a mais conversões.
 

Como os cookies são armazenados